Sábado
22 de Junho de 2024 - 

Controle de Processos

Newsletter

Previsão do tempo

Segunda-feira - Salvad...

Máx
32ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Semana Nacional da Conciliação Trabalhista 2024 movimentou cerca de R$ 1,3 bilhão

A Justiça do Trabalho, em todo o país, esteve mobilizada na última semana (20 a 24/5) para promover o maior mutirão de conciliações de ações trabalhistas do país. Os dados consolidados ainda serão apresentados. No entanto, até aqui, a 8ª edição da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista movimentou quase R$ 1,3 bilhão e homologou mais de 24,6 mil acordos. O montante já representa o recorde para uma única edição do evento, superando os R$ 1,19 bi do ano passado. O evento realizou, até aqui, quase 77 mil audiências e atendeu mais 343,2 mil pessoas em todas as unidades da federação. Os dados não estão contabilizando os processos do Rio Grande do Sul, que foi dispensado de participar desta edição devido à tragédia que atinge o estado. O estado deve realizar a semana no segundo semestre. Enquanto o resultado consolidado não sai, já que os tribunais têm até esta semana para enviar os acordos não computados, confira a prévia no Painel da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista. Acordo no TRT-RJ é destinado a reconstrução do Rio Grande do Sul Na última sexta-feira (24/5), último dia da Semana, a 3ª Vara do Trabalho de São João de Meriti do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-RJ) homologou um acordo de R$ 1 milhão, cujo valor será integralmente destinado ao Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL) para a reconstrução das regiões devastadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul.  O acordo foi feito durante uma audiência realizada em uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho contra uma empresa de transportes por descumprimento de leis trabalhistas. A empresa alegou que boa parte de seu faturamento vem do estado do Rio Grande do Sul e pediu que a indenização fosse destinada para ajudar na recuperação do estado. O valor será pago em 12 parcelas depositadas diretamente na conta bancária do fundo.   Acordo coletivo no Paraná No mesmo dia, no Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), durante a cerimônia de encerramento da semana, uma empresa de alimentos e 480 trabalhadores que atuavam no município de Jaguapitã firmaram um acordo de mais de R$ 1,5 milhão referente ao tempo de troca de uniformes. A assinatura contou com a participação do vice-coordenador da Comissão Nacional de Promoção da Conciliação da Justiça do Trabalho (Conaproc) e do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Alexandre Luiz Ramos. “A conciliação possibilita que as partes se aproximem e falem de seus interesses que, muitas vezes, não são aqueles reproduzidos no processo”, disse. “A partir disso, não estamos discutindo posições jurídicas ou quem tem ou não tem razão, mas, sim, procurando atender, ao mesmo tempo, o interesse das duas partes”, completou. Ao destacar a importância da Justiça do Trabalho paraense receber a cerimônia de encerramento da semana nacional, ressaltou o empenho de magistrados (as) e servidores (as) do tribunal na condução do evento em todo o estado. “Esse processo tem uma importância simbólica, em relação a tudo o que foi realizado durante a Semana de Conciliação: a consagração de todo o esforço que foi feito, particularmente, por servidores e magistrados”. Com informações do CSJT
27/05/2024 (00:00)
Visitas no site:  206002
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.